PESQUISAR NO BLOG - MATÉRIAS DE 2013 A 2021

sexta-feira, 31 de maio de 2013

GARANHUNS - Médicos cobram providências a Prefeito e Secretário. Nova reunião acontece dia 4



Representantes do Conselho Regional de Medicina (CREMEPE) e do Sindicato dos Médicos (SIMEPE) estiverem reunidos na cidade de Garanhuns, na última terça-feira (28), com o secretário de Saúde do município, Harley Davidson. Entre as reivindicações da categoria apresentadas ao secretário destacaram-se a defasagem salarial dos médicos e o pequeno número de profissionais concursados. As entidades também cobraram vínculos que se assemelhem com a carreira de Estado no intuito de fixar os profissionais no interior. No dia anterior, os sindicalistas visitaram o Prefeito Izaías Régis (PTB) que sinalizou um aumento de 33% na remuneração  dos médicos para o mês de junho, interesse em realizar concurso público e aumentar o aporte financeiro para a assistência  da Atenção Básica.

"Entendo que o salário do médico está defasado. Pretendemos aumentar o salário dos profissionais que ficam no ambulatório para R$ 2.200 e já está aprovado para o final de junho um aumento de 6 para 8 mil reais para os demais", afirmou o secretário Harley Davidson. Ainda segundo o Secretário, estão previstas licitações para construção de mais cinco novos postos de saúde, o que aliviaria o Hospital Dom Moura.

Na avaliação do diretor do CREMEPE, André Dubeux, "a assistência primária da rede municipal não funciona e isso acaba sobrecarregando o Dom Moura", avaliou. Já o diretor Ricardo Paiva, também do CREMEPE, sugeriu a elaboração de um documento no qual fossem elencadas as principais providências a serem tomadas pelo município com o objetivo de pressionar o Estado a fazer a parte dele. "Precisamos trabalhar em pareceria para garantir a resolução dos problemas do município e as escalas incompletas no Dom Moura", sugeriu Paiva. "Garanhuns pode dar um exemplo para os demais municípios da região, se colocar em prática as sugestões das entidades", concluiu o diretor do SIMEPE, Tadeu Calheiros.

Depois das reuniões junto ao Prefeito e ao Secretário, os representantes do CREMEPE e SIMEPE participaram da assembleia geral dos médicos, no auditório da Unimed Agreste Meridional. Na ocasião, foram apresentadas as propostas do Governo de Garanhuns aos médicos.

Os médicos vinculados à Prefeitura de Garanhuns receberam positivamente a sinalização do prefeito Izaías Régis, em avançar nas negociações salariais e da possibilidade de realização do concurso público. Na ocasião, o diretor do SIMEPE, Tadeu Calheiros, explicou que apesar da conversa ter sido positiva, as propostas precisam ser formalizadas. “Tivemos uma boa impressão deste primeiro momento com o Prefeito, porém, sabemos que é imprescindível à documentação das propostas sinalizadas, pois, por enquanto, trata-se apenas de intenções verbais”, esclareceu.

O diretor do SIMEPE, Silvio Rodrigues, enfatizou que “o movimento só termina quando estivermos com a pauta de reivindicação aprovada pela Câmara Municipal de Garanhuns”. Ainda na ocasião, sugeriu também que fosse montada uma comissão de médicos para estar junto ao Sindicato participando das reuniões com os gestores. “Vamos dar inicio a discussão sobre a construção do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) para o médico do Município”, pontuou.

Uma nova reunião, envolvendo o Prefeito, o secretário de Saúde e a direção dos Órgãos que representam os médicos, será realizada na próxima terça-feira, dia 4 de junho, para dar continuidade às negociações.

O novo estilo Izaías Régis


Rotulado por alguns como orgulhoso, arrogante e prepotente, o Prefeito Izaías Régis (PTB) vem demonstrando nesse inicio de gestão uma postura bem diferente daquela atribuída a ele, sobretudo, por seus adversários políticos.

Izaías está mais próximo do povão. Essa constatação pôde ser comprovada na tarde desta quinta-feira, 30, por ocasião da sua visita a Avenida Santo Antônio, onde contemplou os belos tapetes alusivos ao Corpus Christi na Cidade.

O Prefeito chegou sozinho a Avenida e ao invés de estar rodeado de correligionários, percorreu a Avenida distribuindo sorrisos e cumprimentos aos populares que prestigiavam a exposição dos tapetes confeccionados por membros das paróquias da Diocese. Régis também exibiu o seu lado família e juntamente com esposa, filha e neto observou de perto a movimentação dos populares.

O trabalho de Executivo não foi deixado de lado, e entre um cumprimento e outro, despachou com a secretária de Turismo, Gerlane Melo e um profissional de arquitetura que presta serviços ao Governo Municipal e conversou rapidamente com o Bispo Dom Fernando e o Padre Roberto Júnior.

A impressão é que o cargo Executivo que tanto desejou parece estar fazendo bem ao Prefeito. A sua presença na periferia da Cidade já foi registrada em diversas localidades, como o Indiano, a Cohab 3, o Mundaú e a Cohab 2, entre outros, ação quase inexistente durante os seus dez anos como deputado Estadual. 

O fato é que mesmo que algumas pessoas digam o contrário, a exemplo do Vereador Sivaldo Albino (MD), que recentemente declarou ter sido ignorado pelo Prefeito durante festa no Metroplaza, numa atitude, segundo Albino, de falta de espírito democrático, haja vista o Parlamentar estar adotando uma postura oposicionista às ações do seu Governo, Izaías mudou sua postura e se apresenta, a cada dia, mais próximo do povão. Uma decisão sábia, até porque como diz a Constituição Federal: “todo poder emana do Povo e em seu nome será exercido”.

Médicos planejam Ato Público na próxima terça-feira e denunciam: “situação no Dom Moura é Caótica”



“A situação do Hospital Dom Moura é Caótica”, a afirmação é do médico André Marrocos, que integra o quadro clínico da Unidade de Saúde. Por conta desta realidade, é que representantes do Conselho Regional de Medicina (CREMEPE) e do Sindicato dos Médicos (SIMEPE) estiveram em Garanhuns participando de assembleia geral da categoria, quando decidiram realizar um ato público para encaminhar uma Ação Civil à Justiça cobrando responsabilidade do Governo sobre a saúde.

O Ato acontece na próxima terça-feira, dia 4 de junho, a partir das 9h, defronte ao Hospital Regional Dom Moura. Contando com o apoio de estudantes do curso de medicina instalado na Cidade, os médicos seguirão em caminhada para as sedes do Ministério Público e da Justiça Federal na Cidade para fazer a entrega simbólica da Ação Civil. A população também esta sendo convocada a participar desse Movimento.  

O quadro de funcionamento da Unidade é desanimador. Por conta de problemas estruturais, mas, sobretudo, de falta de recursos humanos, o Dom Moura vem passando por uma interdição ética parcial desde o último mês de Abril. De acordo com os Médicos, muitas escalas estão incompletas em todos os setores. Também existe o problema da escala falsa. “Vou dar um exemplo do sábado. Na escala médica desse sábado (25), estava constando três médicos, um dos médicos que constava na escala esta há mais de dois meses sem trabalhar nesse dia. A escala de domingo (26) saiu o nome de um médico que já pediu demissão há mais de um mês”, denunciou, em entrevista a Rádio Jornal, o reumatologista e geriatra André Marrocos, que dá plantão aos sábados, no Dom Moura.

Também existem casos de constrangimento e assédio moral contra os médicos e queixas de alimentação insuficiente para pacientes e médicos. A escala de médicos na UTI está desfalcada, com vários profissionais atuando em plantões extras e com contratos de trabalho frágeis. A traumatologia está sem realizar cirurgias que necessitem de Intensificador de imagem, equipamento fundamental para alguns tipos de fratura. O aparelho está em fase de compra.

Ainda na lista de dificuldades do Dom Moura, consta a falta de material de reanimação completo no setor de obstetrícia, bem como a frequente escassez de antibióticos e anestésicos. Ainda de acordo com o CREMEPE, muitos partos são realizados sem a assistência de pediatra. Também não há neonatologista de plantão e o bloco cirúrgico do Hospital Dom Moura não possui Sala de Recuperação Pós-Anestésica. O Setor não conta com monitores cardíacos nem respiradores. De acordo com o Conselho Regional de Medicina, os anestesistas também reclamam da falta de materiais indispensáveis na aparelhagem básica. Muitos médicos dessa especialidade usam aparelhos próprios nos procedimentos.

“Hoje nós estamos vivendo o caos dentro do Dom Moura(...); mais de 90% dos profissionais do Dom Moura são heróis. Porque ficam procurando de toda maneira atender bem a população”, finalizou o médico André Marrocos.  

Para saber mais sobre a Interdição Ética do Dom Moura, acesse: http://blogdocarloseugenio.blogspot.com.br/2013/04/cremepe-determina-interdicao-etica.html

Multidão vivencia Corpus Christi em Garanhuns



Nem mesmo a chuva e o tempo frio foram capazes de espantar a fé dos Garanhuenses. Cerca de três mil católicos participaram da celebração de Corpus Christi, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Fernando Guimarães, na tarde desta quinta-feira, 30, na Igreja de São Sebastião.

A Celebração Campal contou com a participação de praticamente todos os sacerdotes das cinco paróquias de Garanhuns. Após a celebração, uma verdadeira corrente de fé seguiu pela rua Melo Peixoto em direção a Catedral de Santo Antônio, onde houve a bênção final. 


TAPETES – E verdadeiras obras de arte estiveram expostas durante todo o dia na Avenida Santo Antônio. É que mantendo a tradição do Corpus Christi, membros das paróquias locais, voltaram a produzir os belíssimos tapetes com temas religiosos. 

Usando pó de serragem, areia, café, cal, tinta, flores e muita criatividade, os voluntários construíram verdadeiras obras de arte no asfalto da principal avenida da Cidade. Imagens do Papa Francisco e de símbolos da Igreja Católica chamaram a atenção de centenas de famílias que contemplaram os belos tapetes, marcando de forma bastante positiva o Corpus Christi em Garanhuns.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

UFRPE abre novo concurso. Tem vagas para Garanhuns



A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) publicou o Diário Oficial da União da última quarta-feira, 29 de maio, o edital do concurso público nº. 34/2013 com 71 vagas para cargos de vários níveis, junto aos Campi Dois Irmãos, Garanhuns e Serra Talhada.

A remuneração será de R$ 1.547,23 para cargos de nível de Classificação C, de R$ 1.912,99 para as funções de classe D e de R$ 3.138,70 para classe E.

Os interessados deverão se inscrever no período de 5 a 13 de junho pelo endereço eletrônico www.sugep.ufrpe.br , mediante o preenchimento de formulário eletrônico de inscrição. A taxa de participação será de R$ 70 para os cargos pertencentes ao nível de classificação E e de R$ 40 para os demais.

Todos os candidatos se submeterão à prova escrita/objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, no dia 4 de agosto de 2013, em local e horário que serão divulgados. Além disso, haverá prova prática/operacional, de caráter eliminatório e classificatório, para Auxiliar de Veterinária e Zootecnia, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Médico-Veterinário (Anestesiologista, Clínica Cirúrgica, Clínica de Grandes Animais e Diagnóstico por Imagem).

O concurso terá validade de um ano, a contar da publicação no Diário Oficial da União da homologação do resultado, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da UFRPE.

Confira os cargos que estarão em disputa:

*Ensino Fundamental (Classe C) – Auxiliar de Veterinária e Zootecnia e Auxiliar em Administração;

*Ensino Médio (Classe D) – Assistente em Administração, Técnico em Secretariado, Técnico de Laboratório de Física e Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais;

*Ensino Superior (Classe E) – Administrador, Analista de Tecnologia da Informação (Redes/Suporte), Arquiteto e Urbanista, Assistente Social, Bibliotecário Documentalista, Contador, Economista, Economista Doméstico, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Estatístico, Farmacêutico, Nutricionista, Médico Clínico Geral, Médico Ginecologia/Obstetra, Odontólogo, Pedagogo, Programador Visual, Técnico em Assuntos Educacionais, Médico-Veterinário nas áreas de Anestesiologista, Clínica Cirúrgica, Clínica de Grandes Animais e Diagnóstico por Imagem.

Padre Jorge cadastra projetos visando construção e reforma de postos de saúde em Iati


A Prefeitura de Iati vem realizando obras de reforma e adequação das instalações dos Postos de Saúde do Município. As ações coordenadas pela secretaria de Saúde já beneficiaram as Unidades Nossa Senhora de Fátima e São Paulo.

Os serviços também já foram iniciados na Unidade de Saúde do povoado Santa Rosa e nos próximos dias será iniciada a reforma/ampliação das unidades de saúde Tancredo Neves, no povoado Quati, e Santa Terezinha, na sede do Município. Os postos localizados no Sítio Boi Branco, na comunidade Poço do Cosmo e no bairro Bela Vista também receberão ações de melhoria nas suas instalações físicas.

Os trabalhos vão desde a manutenção nos sistemas elétricos e hidráulicos, pintura, até a construção de novos espaços visando adequar a estrutura física as normas exigidas pelo Ministério da Saúde. 

De acordo com o Secretário de Saúde, Evaldo Teixeira, o Prefeito Jorge Elias, o popular Padre Jorge (foto), autorizou no mês de janeiro, após levantamento das reais necessidades, que fossem realizadas todas as adequações necessárias nos postos de saúde. “Encontramos postos de saúde sem qualquer condição de funcionamento. Alguns nem pia para que o médico lavasse as mãos tinha!. Então começamos a mudar a realidade encontrada e já entregamos duas Unidades prontas, estamos reformando uma terceira e nos próximos dias começaremos o trabalho em mais duas. A meta é se adequar as normas do Ministério da Saúde e proporcionar melhores condições de trabalho para os nossos profissionais e um atendimento humanizado para os usuários do Sistema de Saúde Municipal”, enfatiza o Secretário. Atualmente, Iati possui oito Unidades de Saúde.   

MINISTÉRIO DA SAÚDE – E a secretaria de Saúde de Iati cadastrou junto ao Ministério da Saúde, através do Sistema de Monitoramento de Obras (SISMOB),  os serviços de Construção e Reforma de Unidades de Saúde. “Cadastramos a construção de um prédio para abrigar a Unidade de Saúde da Família de Santa Rosa e a reforma das instalações da Unidade Tancredo Neves, no povoado Quati. A ordem é trabalho e vamos continuar buscando levar ações que melhorem a saúde oferecida a população iatiense”, registrou o Prefeito Jorge Elias, o popular Padre Jorge.